A conciliação medicamentosa é uma atividade importante para segurança do paciente e é utilizada tanto no ambiente hospitalar (em transições de Cuidado – admissão, alta ou transferência) quanto no consultório farmacêutico. É um processo que consiste na obtenção de uma lista completa dos medicamentos de uso habitual do paciente e a comparação das prescrições médicas.
.
👉O paciente oncológico polimedicado pode apresentar problemas relacionados à medicamentos (PRMs) que dificultam a adesão, aumentam a toxicidade da quimioterapia e promovem a automedicação ocasionando resultados negativos à medicamentos (RNMs). Quando identificados os PRMs o farmacêutico clínico realiza as intervenções necessárias junto a equipe multidisciplinar.
.
👉 O Cuidado Individualizado do paciente oncológico abrange todas as formas de atenção onde a equipe multidisciplinar é indispensável! 💕
.
👉Por Viviane Duarte – Farmacêutica Clínica e Oncológica. Mestranda em Saúde e Tecnologia no Espaço Hospitalar
#oncoinfo #farmaciaclinica #farmaceuticooncologico #equipemultidisciplinar #cuidadosfarmaceuticos
#farmvivianeduarte

Conciliação Medicamentosa: Ferramenta para Prevenção de Erros em Oncologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *